quarta-feira, 28 de julho de 2010

Anima Mundi 2010

Esse ano fiquei satisfeitíssima com o festival. As duas sessões que vi foram ótimas e ainda assisti o que eu queria da Galeria – uma mostra gratuita que ficava passando curtas initerruptamente.

Quarta fui na exibição de "Anima Mundi 18 anos", vi dois filmes que eu já conhecia, mas nunca tinha visto no cinema e foi divino! Dessa sessão só posso dizer que eu não gostei de Qualquer nota. Os demais foram excelentes! Destaco, por ter sido inédito para mim, o engraçadíssimo Lapsus, depois descobri ser do mesmo estúdio argentino que fez o ótimo filme publicitário Sexteens, que pode ser visto no site do diretor Juan Pablo Zaramella.







Sábado foi a vez da sessão "Curtas 10", também muito boa! O primeiro curta é lindo, chama-se Kinematograf, um filme polonês, cujo trailler pode ser visto nesse link. Acho uma pena que filmes tão belos não estejam disponíveis na internet, meus amigos dificilmente poderão assistir...
















O outro destaque do "Curtas 10" é Der Da Vinci Timecode uma animação feita a partir de detalhes do afresco A Última Ceia de Da Vinci. Impressionante como se parte de algo estático e cria-se tensão, ruído e movimento dando a impressão que estamos diante daquele momento, que pela pintura parece tranquilo, mas na animação se torna um tumulto, um burburinho.







E por fim, gostei demais de Norit Krupi (da Letônia) que mostra uma população inteira de engolidores de sapo... veja um pequeno trecho aqui. Também excelente!




Na galeria, o que eu queria ver era uma animação feita a partir de imagens capturadas da janela de um trem. Senti uma sintonia com o meu projeto Transeunte, de fotos a partir da janela do ônibus. Assista Looploop aqui.






Enfim, para quem ainda puder ver o Anima Mundi 2010, recomendo essas sessões: Curtas 10 e Especial 18 anos.

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Animação total

Ainda dá tempo de curtir o Anima Mundi.
Estive vendo a programação e encontrei algumas coisas beeem interessantes:



SESSÕES ESPECIAIS

Anima Mundi 18 anos
Essa sessão é para ir de olhos fechados, rs rs s
Reuniram muito boas animações, a lista está abaixo.

Atama Yama
Father and Daughter (AMO!!!)
Guide Dog
Lapsus
Le Moine et le Poisson
Qualquer Nota
Ring of Fire
The Cat Came Back
The Old Man & the Sea (AMO!!!)
Vida Maria


Mostra África do Sul
Esta coleção de filmes animados da África do Sul é a primeira
do gênero e ressalta a diversidade dessa indústria crescente.
Uma compilação de videoclipes espirituosos, curtas-metragens
premiados e comerciais arrojados, que traz um pouco
do que há de melhor na animação da África do Sul, revelando
a variedade de estilos e estéticas dessa indústria nascida
em casa. Não é de modo algum uma mostra que inclui tudo.
Apenas dá uma noção do incrível talento que reflete as cores,
o caos e as contradições da vida na África do Sul.


Escolas de Animação
Três representantes de diferentes experiências internacionais
no ensino de animação:
Eric Riewer - Gobelins (França)
Marlene Nascimento - Curso de Imagem e Som da Universidade
de Buenos Aires (Argentina)
Maureen Furniss - CalArts (EUA)


Aproveitando estas presenças e para complementar o debate,
o festival exibe mostras selecionadas dos trabalhos finais
desenvolvidos por ex alunos destes centros de formação.




LONGAS

Boogie el Aceitoso
DIR.: Gustavo Cova; Gustavo Cova
PROD.: Gustavo Cova
Argentina Argentina - 2009
DUR.: 01:22:00

Boogie é um assassino frio e cruel que está sempre
em fuga. Um personagem machista e sádico que só
respeita suas próprias regras. Adaptação de uma
das histórias mais famosas do cartunista Roberto
Alfredo Fontanarrosa.

Mary and Max
DIR.: Adam Elliot
PROD.: Melanie Coombs
Austrália Australia - 2009
DUR.: 01:32:00

Mary Dinkle, uma menina gordinha e solitária de
oito anos, mora nos subúrbios de Melbourne. Max
Horovitz, um homem obeso e judeu de 44 anos com
Síndrome de Asperger, vive no caos de Nova York.
Uma história de amizade à distância que aborda o
autismo, o alcoolismo, de onde vem os bebês, a obesidade,
a cleptomania, a confiança, as diferenças religiosas,
e muito mais. Dos criadores de Harvie Krumpet.




PANORAMA

Documentário
Mesmo quando lança mão de grafismos abstratos e todos os recursos da imaginação, o filme de animação pode tratar da mais pura realidade. Às vezes até de forma mais eficiente e documental que as imagens fotográficas.

Essa mostra eu infelizmente não poderei assistir, mas gostaria muito. É instigante ver uma linguagem comumente associada à imaginação, à serviço da documentação.

Terror
A animação permite evocar, provocar ou sublimar todo tipo de emoção humana de forma penetrante e duradoura. Aqui reunimos trabalhos que lidam com medo, horror, repulsa, perversidade, sentimentos macabros, quase nunca suaves...




GALERIA

Seleção de filmes que desafiam e/ou inovam os formatos tradicionais, com experimentações no campo da estética, do roteiro e da percepção da linguagem da animação.

Essa é uma novidade que gostei muito!
Vários filmes exibidos continuamente no Centro Cultural dos Correios.


Além disso tudo, muitas outras coisas e a sempre imperdível sessão de premiação que rola no domingo. Mais informações sobre os filmes no catálogo nesse link. E a programação aqui.

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Anima-te

A animação que mais me marcou no festival (AM) do ano passado.

video

Divirtam-se!

quinta-feira, 8 de julho de 2010

Cinema e cursos


No próximo dia 17 termina meu curso de cinema e história da arte, Diálogos na Tela, que foi muito bom. Nele retornei ao estudo da arte, fui semanalmente para um espaço de exposições e voltei a ler sobre o tema. Tudo isso sem precisar desembolsar um real. 

Com a proposta de ilustrar com filmes um período histórico da arte e depois complementar com palestras sobre o mesmo período, foi um curso enriquecedor. Esses projetos da Caixa Cultural do Rio estão muito bons e recomendo a todos. 

Semana que vem vai começar um outro, de curtíssima duração, que me pareceu igualmente interessante: A literatura no cinema. O evento terá uma mostra com 29 adaptações literárias para o cinema, algumas mesas de debates com escritores, roteiristas e diretores, além de um curso de criação literária, roteiro e adaptação.

Se você tem interesse em fazer roteiros, essa parece ser uma oportunidade para aprender, trocar informações e experiências.